Como os vídeos já respondem por mais da metade do tráfego geral da internet, cada vez mais empresas investem nessa estratégia, e há um consenso cada vez maior de que há momentos em que o vídeo institucional é a ferramenta ideal.

As pessoas preferem assistir a ler

Há uma razão para a TV ter ficado tão popular e ter permanecido assim.

A maior parte das pessoas prefere assistir a imagens em movimento a ler, ouvir sons ou ver fotos — especialmente no caso de assuntos mais complicados ou para os quais, a princípio, elas não desejariam investir muito tempo. Essa é a razão para a produção audiovisual estar sendo muito usada para inovar o seu marketing ou turbinar o marketing de conteúdo da sua empresa.

Transmita emoções de forma mais direta

Todos nós gostamos de assistir a filmes, seriados ou novelas na TV, e quem nunca se emocionou com uma propaganda bem feita? Isso acontece porque produções audiovisuais nos servem como uma “pílula” de emoção.

Nós assistimos a filmes de ação porque gostamos de sentir um pouco daquela adrenalina mostrada, assim como assistimos a filmes de romance para ativar as nossas lembranças e emoções que é viver um caso de amor! Vídeos e filmes fazem bem!

Dessa maneira, a produção audiovisual tem maior chance de capturar a atenção e despertar emoções no público porque você usa texto, áudio, vídeos gravados, animações, trilha sonora, e por aí vai. Todos os recursos estão disponíveis para transmitir informações não apenas no nível intelectual, mas também emotivo para a audiência.

Os vídeos ajudam muito nas decisões de compra

Esta pesquisa mostra que consumidores simplesmente não resistem a vídeos que mostram produtos nos quais estão interessados. Nada menos do que 93% declarou que assistiu a um vídeo antes de comprar, e 72% o compartilhou ou postou em sua rede social. E esses números só tendem a subir.

Vídeos ajudam nos mecanismos de busca de Sites

O algoritmo do Google favorece um mix de conteúdo e também o tempo de permanência do usuário na página, fazendo com que, segundo a Forrester Research, páginas com vídeo sejam 53% mais propensas a aparecer na primeira página do Google e com que a taxa de cliques seja 41% maior.